Cuidado com a carne mal cozida

By | quinta-feira, agosto 05, 2010 Deixe um comentário

O brasileiro é chegado a um bife ou carne assada (consumo “per capita” 36,6 kg/ano) até ai tudo bem, o problema é quando essa carne é mal cozida ou mal passada, nesse caso há o perigo de se contrair alguma doença. Os microorganismos que estão presentes na carne só podem ser destruídos a altas temperaturas, então o hábito de comer carne mal passada pode trazer sérios problemas, como doenças causadas pelas bactérias: Campylobacter jejuni, Salmonella e Echerichia coli, qualquer uma dessas bactérias pode provocar náuseas, diarréia e vômitos e não são apenas elas que podem infectar como também não é somente a carne bovina que pode causar doenças. Peixes e frutos do mar crus ou mal cozidos também oferecem risco. "Os primeiros podem conter a Vibrio vulnificus, bactéria que causa febre em quem tem o fígado comprometido. Já o vibrião da cólera tem atração pelos caranguejos, e o vírus da hepatite A, pelas ostras. Outro grave problema é que no Brasil a inspeção municipal (Serviço de Inspeção Municipal - SIM) é muito precária no interior, na maioria das vezes não tem veterinário responsável pela linha de abate, apesar de ser lei. Já a vigilância sanitária muitas vezes também não conta com um veterinário, por isso pense bem quando for a um restaurante, churrascaria, lanchonete, fast food, self service, carrinho de cachorro quente ou qualquer outro lugar em que você for consumir produto de origem animal lembre-se, será que esses produtos são inspecionados? Será que a vigilância sanitária já visitou este estabelecimento? Será que tem um veterinário inspecionando os produtos de origem animal?

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial