Antibioticos o novo alimento?

By | quinta-feira, novembro 17, 2011 Deixe um comentário


Uma das maiores invenções da medicina, foi descoberto por acaso, possibilitou a cura do mal do século (tuberculose), é amplamente utilizado tanto em humanos como em animais, esse é o antibiótico que possibilitou o aumento da expectativa de vida combatendo uma serie de doenças que até então eram incuráveis, apesar de tudo em um futuro não muito distante o antibiótico poderá vir a ser um grande vilão.

Recentemente uma grande quantidade de carne saída do Brasil foi embargada nos EUA o motivo? Excesso de antibiótico. O que muita gente não sabe é que os antibióticos são usados indiscriminadamente nos animais sem acompanhamento do veterinários, com a dosagem errada, muitas vezes na espécie errada, a forma de aplicação sem higiene e assepsia e em alguns casos preventivamente, ora prevenção se faz com vacina não com medicamento, por tudo isso é certo que tanto a carne quanto o leite e muitos outros produtos de origem animal e que consumimos diariamente já vem com antibióticos, a consequência disso é a resistência dos microrganismos como por exemplo o Staphlicoccus aureus bactéria presente na garganta de todos nós, mas que pode fazer grande estrago principalmente se estiver resistente a esse tipo de medicamento, já existem até superbactérias que já causaram mortes no Reino Unido. Enfim todo mundo já sabe ou já ouviu falar do uso indiscriminado de antibióticos devido a automedicação, mas o perigo não para por aí, pois ele tá presente também em muitos alimentos que consumimos por isso não tem como nos fugirmos desse problema, somente a conscientização de quem produz poderá acabar com o problema, mas se a carne estava sendo vendida para os EUA e somente agora foi descoberto imagine o quanto de antibióticos já ingerimos e iremos ingerir agora que foi vetado a exportação. Chegará o dia em que o antibiótico não destruirá mais nenhuma bactéria e um simples corte poderá causar sérios problemas.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial