O inventor que nada inventou

By | domingo, novembro 27, 2011 Deixe um comentário


É possível alguém não inventar nada, mas revolucionar toda tecnologia? Com Steve Jobs é possível sim, ele foi um visionário na verdade, que antevia as revoluções na tecnologia antes dos outros, e sabia o que podia ser melhorado em um produto para que esse deslanchasse. Jobs não inventou nada, mas como um cara que copia pode ser tão admirado e chamado de genial? Se não fosse por ele os computadores ainda seriam usados por engenheiros, foi o Macintosh que tornou possível que eu ou você usasse tão facilmente um computador, se quiser fazer um teste é só instalar o MS-DOS em um PC e tentar usar, aí você verá o quanto ele foi importante para computação. A indústria da música também deve muito a ele não fosse o i-pod as grandes gravadoras já estariam mortas e enterradas, foi o modelo dele que proporcionou a comercialização da música digital através do i-tunes. 

Hoje todos os celulares tentam imitar o i-phone, hora se o smartphone já existia há tempos como o modelo de Jobs tornou-se referência? Mais uma vez o que era complicado ele descomplica, juntando internet e celular e fazendo com que qualquer criança saiba usar, bastando para isso um simples toque na tela, com isso se inicia mais uma revolução dessa vez nos celulares. Apesar da morte de Jobs a próxima revolução também será proporcionada por ele e já começou, gradativamente o tablet vem se popularizando e a tendência é que ele tome o lugar do PC, pois a experiência proporcionada por esse aparelho juntamente com a facilidade de uso deixam o computador obsoleto, junte a isso a conexão a internet e temos uma nova revolução, para ser gênio é preciso inventar algo?
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial